Uma reflexão política

out 6, 2017 by

Uma reflexão política

O caos político pelo qual estamos passando é um momento histórico para que possamos refletir sobre a nossa própria conduta na sociedade. O primeiro passo é refletir se os políticos são os únicos corruptos, ou representam um povo corrupto.

Verdade é que, simplesmente provocar a substituição desses políticos por outros não vai mudar a situação caótica da nossa nação. Logo, sem a conscientização de que cada um é responsável pela construção de um País melhor os nossos problemas permanecerão os mesmos. Fato é que, a corrupção não está presente somente no meio político, ela atinge todos os níveis da sociedade brasileira.

O que é facilmente detectado nas condutas (jeitinho brasileiro), em que a ética sucumbe diante de interesses pessoais e egoístas. Conduta que caracteriza o estado de uma pessoa corrupta, que não se preocupa com as leis e nem com o que é do outro. Dessa maneira impera na sociedade o desejo de obter vantagem, independente das consequências que tais atitudes causem em outros.

Assim, furtar água, energia ou sinal telefônico já não pesa a consciência de muitos. Do mesmo modo, descobrir a senha do Wi-Fi do vizinho, sem que o mesmo o saiba, e utilizar o seu sinal de internet sem ajudá-lo no pagamento da conta não é tido como crime. Assim também, furtar o sinal da TV a cabo segue o mesmo parâmetro de julgamento. Podemos citar ainda a compra de DVDs e CDs pirateados. A corrupção é sempre pagar pouco ou nada pelo serviço alheio.

A lista é grande!

Temos ainda: copiar livros sem autorização do autor, furar filas, estacionar em lugares proibidos, sentar nos lugares preferenciais nos coletivos, enquanto quem é de direito permanece em pé aguardando que uma alma caridosa lhe ceda o assento, dirigir sem carteira de habilitação, colar em provas, invadir imóveis alheios com o pretexto de obter uma moradia, dentre outros pequenos delitos, tudo é considerado permitido em uma sociedade corrupta.

O brasileiro é, portanto, culturalmente corrupto. Não que isto seja de sua natureza. É um mal aprendido por gerações que precisa ser extirpado da sociedade.

A corrupção tem que ser combatida com veemência. E a maneira correta de combatê-la é com cada um adotando a postura de ser honesto consigo mesmo e com os outros. Aqui cabem as palavras do apóstolo Paulo: “Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros” (Filipenses 2.4).

Até então, o que podemos dizer é que: os políticos são de fato corruptos, porque, infelizmente, representam um povo corrupto.

Leia também: Vamos falar a verdade!

 

Related Posts

Tags

Share This

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *