Orando em circunstâncias difíceis

abr 19, 2016 by

Orando em circunstâncias difíceis

Daniel 6.1-28 / versículo chave: Daniel 6.10 “Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer”.

Quantas vezes por dia deveríamos orar? Algumas pessoas diriam que isso não importa. Outras talvez digam três vezes ao dia, quem sabe pensando em Daniel, que “três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer” (6.10).

Precisamos nos perguntar: “Quão importante é a oração na minha vida? Se orar a Deus fosse proibido de repente, será que eu seria como Daniel e oraria como ele? A minha oração vale o risco de perder minha vida numa cova de leões?”

O tempo de Daniel com Deus aparentemente valia mais que sua própria vida (6.7,10). Deve ter sido tentador orar apenas uma vez, você não acha? Mas Daniel, um homem muito estimulado e amado por Deus, nunca perdeu uma oportunidade. Seu hábito diário era orar três vezes ao dia, e foi isso que continuou a fazer, mesmo quando foi ameaçado de morte. Era hábito dos judeus durante os dias do exílio abrir suas janelas na direção de Jerusalém enquanto oravam. Devo admitir que, se fosse Daniel, teria sido tentada a fechar as janelas durante o meu devocional! Mas Daniel não se importava de ser visto e com as repercussões que isso poderia trazer.

O que podemos aprender com Daniel? Devemos orar regularmente, não importa as circunstâncias, porque a cova dos leões estará sempre lá. Vivemos num mundo hostil a Deus, então vamos com certeza encontrar dificuldades contra a nossa fé. Oração nos liga a Deus, que pode nos manter em segurança tanto dentro como fora da cova dos leões.

A oração não apenas nos ajuda a crescer em nossa confiança em Deus (6.23), mas também ajudam outros a crescerem (6.25-27). O resultado final das orações diárias de Daniel foi testemunho do Deus de Daniel para o próprio rei Dario. O rei disse a todos em seu reino: “tremam e temam perante o Deus de Daniel; porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre” (6.26). Que maravilhoso testemunho foi a vida de Daniel!

Podemos ser como Daniel?

Praticamos nossas orações com tamanha diligência e determinação?

Oramos de todo coração nas circunstâncias difíceis da vida?

Podemos começar agora mesmo – três vezes ao dia!

Quem sabe alguém será tocado por nossa vida de oração!

Fonte: http://vivabemcasada.com.br/orando-em-circunstancias-dificeis/

Leia também: Palavras de Jesus na cruz

Related Posts

Tags

Share This

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *